Blog

birth

Ajudar é não perturbar / To help is to not disturb

Originally published on umamaenasceu.org

English version below

«O parto é um processo fisiológico involuntário; não pode ser ajudado, mas pode ser perturbado.» – Michel Odent (citado de memória do curso Paramana Doula, Janeiro de 2011).

Enquanto que algumas pessoas afirmem que para muitos de nós humanos, o parto pode ser um evento emocional e espiritual, este é incontestavelmente um acto fisiológico.

Muitas vezes falamos de mulheres que são «assistidas» no processo de dar à luz ou mesmo é utilizada a frase «o dr. X fez o parto». Mas como a citação de Michel Odent demonstra, é enganador pensar ou dizer que uma mulher pode ser ajudada a dar à luz. De facto, assumir essa perspectiva pode mesmo causar mais problemas do que trazer resultados positivos.

jc1213.JPG

Pelo contrário, talvez seja mais seguro afirmar que a melhor forma como podemos apoiar um parto é ajudando a criar as condições nas quais as mudanças fisiológicas necessárias possam acontecer no corpo feminino. Isto significa limitar as perturbações que interferem com estes processos.

De forma a fazer isto, é necessário ter um conhecimento básico da fisiologia do parto.

Continue reading “Ajudar é não perturbar / To help is to not disturb”

breastfeeding

7 steps to successful breastfeeding

As any breastfeeding mother will tell you, breastfeeding is one of the cornerstones of early motherhood. It is not only a way to feed your baby with one of nature’s most nourishing and miraculous foods, it also helps you and your baby to bond physically and emotionally and to continue the symbiotic relationship that began during your pregnancy.

FeliZidad_0109158

Although we humans have been breastfeeding our babies since the dawn of humankind, it is a skill that we learn and relearn along with each baby that we give birth to.

Here are some ideas that may help you and your baby get off to a successful start in your breastfeeding relationship:

Read the whole post on umamaenasceu.org

Qualquer mãe a amamentar ir-lhe-á dizer que a amamentação é uma das pedras angulares da recém-maternidade. Não se trata apenas de uma forma de alimentar o seu bebé com um dos alimentos mais nutritivos e milagrosos da natureza, também ajuda a si e ao seu bebé a se unir fisica e emocionalmente e a continuar a relação simbiótica que começou durante a sua gravidez.

Embora nós, seres humanos, amamentemos os nossos bebés desde o início da humanidade, é uma habilidade que aprendemos e reaprendemos com cada bebé a que damos à luz.

Aqui estão algumas ideias que podem auxiliá-la e ao seu bebé a iniciar com sucesso o seu relacionamento de amamentação:

Continua a ler no umamaenasceu.org

Artwork

wild mama

image

Wild Pregnant Mama ~ A3 Pastel drawing

Ever since I was carrying my first child, I have enjoyed drawing the form of a pregnant woman’s body. I created this image by drawing simultaneously with my left and right hands. I have been doing quite a bit of drawing and painting with my non-preferred hand lately, as a way of accessing my more instinctual, uninhibited self.

Uncategorized

A long and fruitful journey

I started nurturing the idea of becoming a doula back in 2011 when I attended Michel Odent’s mind-altering Paramana Doula course. Seven years, two babies (making three in total) and one country later, here I am taking my first steps into the big wide world of birth work.

After three births of my own, I had developed confidence and trust in my own body’s process. However, in 2017, when I was given the honour of attending two births in my community, I was offered the profound experience of being a guardian of another woman’s labour and birth experience. It gave me confirmation that I was on the right path with those tentative, exploratory steps all those years ago and the call of working with birth beckoned ever stronger.

So here I am, offering myself to parents-to-be in Portugal, in the form of this site and all the potential love and energy it carries with it. I hope this is the beginning or rather the continuation of a long, fruitful journey.